quarta-feira, 7 de maio de 2014

(85) Feliz dia das Mães

Ser mãe não é tarefa fácil, mas é prazerosa ao extremo.
Ser mãe não é pra qualquer uma.
É assistir um desenho chato só pra agradar.
É fazer a comida e a sobremesa preferida de cada um.
É brincar da brincadeira que eles mais gostam.
É levar e buscar na escola.
É dar colo quando está triste e dar beijo pra curar.
É abraçar, entender, compreender.
A vida se torna diferente, as responsabilidades são outras.
É brigar, é por de castigo, é dar um tapa na bunda se preciso for.
Dizer NÃO também é amar.
Dar limites também é amar.

É maravilhoso estar junto, fazer cafuné, roubar um beijinho, ajeitar o cabelo, cortar as 40 unhas, dar banho, passar perfume, rezar junto, por pra dormir...
É simplesmente delicioso ganhar um beijo, ou "uma chuva de beijos", ganhar um abraço apertado, escutar palavras erradas, dormir juntinho, sentir o cheirinho de suor, de chulé, as mãos dadas bem apertadas, ouvir musiquinhas, ver coreografias meio desajeitadas, ouvir os segredos, ouvir gargalhadas, ganhar rabiscos carinhosos, escutar as conversinhas entre eles...

Às vezes olho pra trás e percebo que o tempo está passando e que embora eu tenha abdicado da minha profissão pra poder estar dia a dia com eles, a impressão que tenho é que não aproveitei o suficiente, porque nunca será o suficiente... quando a gente ama nunca é...

Alguns me acham louca por ter vontade de ter mais filhos... esse amor... é inexplicável... só quem tem é que sabe...

O que eu quero de presente de dia das mães?
Só que eles continuem assim, lindos, fofos, carinhosos, obedientes, educados, saudáveis, bagunceiros, risonhos... e que eu possa estar presente nos momentos em que eles mais precisarem de mim. 

Amo meus filhos... muito mais que a mim mesma.



0 comentários:

Postar um comentário

Facebook