domingo, 12 de fevereiro de 2012

(37) A festa de aniversário...

Hoje fomos à festa de aniversário do Fefê (meu genro), está completando 2 anos... sim, ele é mais novo que minha filha...

Foi um dia e tanto, mas vou resumir pra não ficar cansativo...

Pela manhã fomos conhecer a Vitória (prima nova, nasceu ontem), ela é linda... confunde-se com uma bonequinha de tão meiga e doce...
Depois fomos ao shopping comprar o presente do Fefê...

Vamos almoçar primeiro?
- Vamôôôôôô...

Entramos num restaurante com estilo sofisticado... (pensei, aqui não é lugar pra eles... hehehe... será que seremos expulsos???...vamos ver...)

Sentamo-nos à mesa, e meu filho logo de cara começou a puxar a toalha da mesa (mesa de madeira e toalha de tecido liso... ou seja, escorrega só de olhar... imagina de puxar...)

Pára Bruno
- não!

Pára sim, senão o "tio" vai ficar bravo...

Vem o garçom e nos traz dois pratinhos com torradinhas e mini-pães...
A Aline pega um mini-pão e começa a comer, nem termina e pega outro, e fala:
 - é guinha, é guinha (bisnaguinha)...
Não filha, é mini-pão...
- é guinha...
Então tá, só que coma uma por vez!

Enquanto ela comia o pão também usava as torradas como pente.
Em questão de 10 minutos, parecia que minha filha tinha seborréia, tamanha a quantidade de farelo de torrada na cabeça toda...e a boca cheia...
E o Bruno puxando a toalha,comendo pães, jogando o "Pablo" no chão, querendo descer do cadeirão...

O almoço chegou. Eles gritaram:
- êêê papá

(Gente se eu não tivesse dado mamadeira antes de sair de casa, eu poderia dizer que já havia alguns dias que eles não comiam).

Almoçaram conosco, o lugar ficou interessantemente "esfarelado"... (queria muito ter um pombo de estimação naquela hora).

Saímos e fomos em busca do presente do Fê, entramos numa loja de brinquedos, escolhemos, pegamos algo pra eles também e ao sair do shopping "CABRUM", muita chuva caindo, e o carro longe...
Falei: - Ju, vambora!!! Pega no colo e vamos tomar banho de chuva... senão teremos que ficar aqui sem saber até que horas.
Fomos... foi bem divertido... eles AMARAM CORRER NA CHUVA... a gente andava um pouco e apertava o passo pra mais um tanto, até que chegamos encharcados no carro... eles riam muito... e em dois minutos eles dormiram, e em 1 km o asfalto estava seco... nossa! Loucura!

Chegamos em casa, arrumamos algumas coisas, tomamos banho e fomos pra festinha.

Chovia um pouco. O chão estava molhado.

O Bruno correu lá pra fora.

- Bruuuuuno, vem pra dentro do salão filho, tá molhado aí você vai escorre...TUM...gar... (e ria)...

- Aline, não pisa na poça dágua filha...
e ela: ploft, ploft, ploft... e ria...

*desencanei... deixa... depois a gente vê o que faz...

Bruno corre pra cá, corre pra lá...

- Bruuuuuuuunoooooo...
Tarde demais, ele passou a mão no bolo de aniversário... mãos cheias de chantilly... (graças à Deus não deu pra notar tanto...)

*A mãe queria enfiar a cabeça num buraco...

Fui lavar as mãos do pequeno, abrí a porta do banheiro e tinha uma moça lá dentro... AHHHHHHHHHHHHHHHH...rs... (ela não trancou a porta)... affe!... dei risada... que situação...

Aline brincando nas poças, foi me mostrar que a água tinha molhado sua sandália, e ao abrir a boca pra falar, cai um pedaço de carne de lá de dentro (cai numa das poças dágua)... ela, mais rápida que nunca, pega e poe de volta na boca, e continua falando como se nada tivesse acontecido...

O Bruno pegou um pirulito, agora sim "melou"... ele bába muito com pirulito...
Saiu correndo, escorregou, caiu sentado nas águas do corredor... a bermuda que era branca, agora estava marrom e molhada, a camisa pólo que era laranja, agora era esverdeada... os pés já estavam enrugados pela água da chuva...
Aline, toda melada com pirulito... (ela fica aflita...)

Cantamos Parabéns!
Estouraram rojões de estrelinhas... lindas...
Aline se encantou... começou a pegar estrelinhas, mas elas não se soltavam mais de suas mãos devido à meleca. Ela ficou irritada! Sacudia as mãos e foi entrando em desespero, pois elas não caíam... tirei todas, e feliz, ela foi brincar de pegar mais estrelinhas : (
*entramos em looping (ela pegava, as estrelinhas grudavam, ela se desesperava e eu retirava... ela pegava...etc...*por um bom tempo...rs...

O Fefê, abraçou a Aline e deu um beijão nela... um fofo... todo mundo deu risada... (menos o pai, que tem ciúme...rs...).
O Fê abriu um dos presentes, e ele deu pro Bruno ver. O Bruno não quis devolver, chorou... Pediram que nós trouxessemos o brinquedo e no dia seguinte devolvesse, só pra ele não ficar triste...

Beijamos todos e nos despedimos...

Viemos embora, embaixo de chuva, eu, o Celso, a Aline, o Bruno e o brinquedo NOVO do Fefê...

Demos um belo "banho de gato" nos dois, tomaram o leitinho da noite, escovamos seus dentes e foram para o berço.

Ainda conseguimos devolver o brinquedo do Fê...

Ufa! Cansamos... foi um dia e tanto... confuso, louco, engraçado...

Ainda bem que temos vizinhos muito legais (Fefê, tia Joyce e tio Bill), super compreensivos com nossos pequenos...
Obrigada meus amigos! (não é qualquer um que faria o que vocês fizeram, só pra não deixar meu pequeno triste)... ele trouxe o brinquedo, brincou e depois dormiu feliz... amanhã é outro dia e talvez ele nem se lembre do tratorzinho...

ADOREI!!!

Saldos positivos: bricar, passear, tomar banho de chuva, gastar energia, rir, se divertir...

Saldos negativos: sujeira no restaurante, mão no bolo, brinquedo do amigo (no caso, cunhado...rs...)...

De tudo, tem muito mais positivo que negativo, isso significa que mais um dia foi PERFEITO...

               ....... obrigada Deus, vou dormir feliz ........

1 comentários:

Juliana Doerner disse...

Kkk... já vi que aqui tb tem arte....

Verdade, passei um pouco de detergente no corpo e muito, muito sabonete.. uma loucura limpa-los... kkkkk

Mas sorri muito!!

Beijos

Postar um comentário

Facebook