sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

(24) Um dia pra chamar de meu.

 Hoje decididamente eu não estava à fim de ouvir músicas infantis, nem assistir às "Discoverys" Kids da vida...

 Queria um dia normal, adulto... cuidar dos pequenos, sem ter que entrar no mundo infantil.

 Penso que precisamos disso às vezes, e que eles também precisam pra saber que também existe o "espaço" do outro.

 Levantaram, troquei suas fraldas, tomaram leitinho, foram brincar...

 Meus olhos já estavam abertos, mas tudo o que fiz foi por impulso, pois o sono ainda me dominava... eu olhava sem olhar, fazia sem fazer...

Começaram a me tirar a paciência num pula-pula, sobe e desce, grita e chora, pede, corre, cai, levanta...

Pensei: - preciso fugir daqui mas sem sair daqui. Vou me fechar numa bolha, num mundo só meu, onde só consigo ver, mas não consigo pegar, tocar, falar ou fazer...

Coloquei um DVD dos que EU gosto, comecei a curtir... ops! Parou!

o Bruno apertou "stop" e em seguida "open"... tirou o DVD e saiu correndo!

Pensei em brigar, mas me lembrei que queria "meu" mundo... deixei pra lá... coloquei outro...

...e mais uma vez "stop/open" mãozinhas e perninhas rápidas... fugiu novamente com outro DVD...

Desta vez eu não tive dúvidas...

Coloquei o DVD do Cocoricó...

Todos sentaram, cantaram, dançaram... e eu cheguei à conclusão que nunca mais terei "um dia pra chamar de meu"...

Mas tô feliz, mesmo assim... fazer o quê ?

Eles me vencem pelo cansaço... sempre!!

Ah! e tem mais, depois que eles conseguiram o que queriam, (fiquei mais uma vez sem ver o que eu queria ver e sem ouvir o que eu queria ouvir), eles simplesmente dormiram... vê se posso com essa turma!

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook